Português English Spanish

News


22/02/2019Dosagem Autônoma de Fertilizantes e Sementes e seus Impactos no plantio

Dosagem Autônoma de Fertilizantes e Sementes e seus Impactos no plantio

Dosagem eficiente de fertilizantes e sementes no plantio de forma autônoma, acionada por motores elétricos, monitorado por controladores, câmeras, ECUS, cabos e sensores, orientados por GPS, já é uma realidade possível para as máquinas de plantio no Brasil.

O Sistema Autônomo de Dosagem (SAD) permite a dosagem eficiente de fertilizantes e sementes no plantio, diretamente da cabine, sem a necessidade de operadores, atendendo plenamente os requisitos de plantabilidade, com segurança, eficiência e alta performance. O SAD é uma das principais ferramentas para a agricultura de alto impacto que ganhará cada vez mais mercado nos próximos anos, fator motivado pela capacidade de automatização de boa parte do trabalho em plantadoras e semeadoras no campo, um caminho viável para o desenvolvimento da agricultura sustentável.

No Brasil, a tecnologia SAD foi lançada ao público em 2016, pela primeira vez, na Expodireto Cotrijal em Não-me-Toque/RS, demonstrando a possibilidade de um futuro no plantio com dosagem autônoma de fertilizantes e sementes. O projeto lançado em 2016 rendeu à Fertisystem, juntamente com a empresa italiana ROJ Mechatronics, o pioneirismo no mercado brasileiro, uma parceria efetiva que atualmente trabalha no desenvolvimento da 2ª geração de motores específicos para agricultura. Esta parceria completa a estratégia de investimentos tecnológicos de ambas as empresas e sua expansão do portfólio.

 

Como funciona este sistema?

O SAD opera sem a necessidade de intervenção humana direta, através de motores de acionamento elétrico, monitorados por controladores, câmeras, ECU, cabos e sensores, orientados por GPS. É uma tecnologia simples, mas altamente tecnológica, que permite ao operador programar rotas para o trator percorrer sob sua orientação. O sistema é capaz de monitorar eletronicamente diversas linhas de plantio de forma individual ou por seção e de forma simultânea, com taxa fixa ou variável, com plena autonomia e eficiência.

O sistema é movido a energia elétrica dos tratores agrícolas, o que faz com que sua operação seja ainda mais sustentável, possibilitando a redução dos custos de funcionamento, podendo, se necessário, contar com unidades de energia suplementares que não demandam alto consumo de combustível.

 

Quais foram os resultados à campo?

No Brasil, as avaliações de funcionalidade do equipamento à campo demonstrou superioridade com relação aos sistemas de acionamento mecânicos e hidráulicos, resultados que permitiram posicionar o produto comercialmente desde janeiro de 2018 prevendo uma larga escala de produção determinante para os próximos dois anos (2020).

A tecnologia deste Sistema Autônomo de Dosagem é promissora no que diz respeito aos impactos na produtividade e principalmente nos resultados financeiros dos produtores rurais. Os resultados em campos experimentais em relação as funcionalidades e desempenho, especialmente nos processos voltados ao arranjo espacial de sementes e fertilizantes, compensação em curvas de plantio, cortes linha a linha (eliminando sobreposições) e o incremento de taxas variáveis de sementes e fertilizantes, demonstraram a possibilidade de potencializar a capacidade produtiva da lavoura.

O sistema demonstrou baixíssima necessidade de manutenção, dando segurança ao operador na identificação imediata de falhas e erros devido à capacidade de detecção das câmeras e sensores, de maneira infinitamente mais eficiente do que a de um sistema convencional. Além da agilidade no informe de falhas, o sistema também orienta como reagir a uma condição adversa inesperada.

 

Saiba mais sobre a FertiSystem

A FertiSystem é líder brasileira no desenvolvimento, pesquisa e produção de dosadores de fertilizantes acopláveis em plantadoras e semeadoras e seus pilares estão no conceito do Sistema FertiSystem® Auto-Lub AP NG - Dosador de Precisão para fertilizantes. Foi o primeiro do gênero no mercado mundial, com sistema de transborde, preconizando a dose certa (precisão) e a deposição no local certo (uniformidade), garantindo ganhos comprovados de produtividade na lavoura e rentabilidade ao produtor. Atualmente atende aproximadamente 95% dos fabricantes de máquinas e implementos agrícolas brasileiros, atuando também em inúmeras empresas no exterior desde 2008.

Para adaptar-se às exigências de mercado, a FertiSystem desenvolveu uma nova estrutura de soluções tecnológicas: o FertiSystem Tech. A estrutura começou a ser implantada em janeiro de 2018, com um centro específico de trabalho voltado para soluções tecnológicas em sistemas inteligentes, através da agricultura digital, avaliando intensamente as funcionalidades dos produtos a campo e resultados agronômicos através de seu NTF - Núcleo Tecnológico Fertisystem. A FertiSystem Tech conta com uma estrutura administrativa e de gestão, focada em novas oportunidades e gerações de soluções para a agricultura digital, agricultura de precisão, automação de processos de dosificação de sementes e fertilizantes, além da geração de dados de plantio e fertilização dos solos, tendo como foco a agricultura sustentável.

1 2